29 de abr de 2011

Cocotte de abobrinha com hortelã

Viciei nas cocottes!!!

Depois da cocotte de "cogus" limão e parmesão , segui a outra sugestão do livro e fiz essa com abobrinhas e hortelã!

O processo é exatamente o mesmo da outra cocotte. Coloquei a abobrinha cortada em cubinhos e a hortelã fresca picada no fundo. Temperei com sal e pimenta e joguei parmesão ralado. :)


Dessa vez minha gema ficou mais "biita" :)


Beijos Fe.

28 de abr de 2011

Atum ao gergelim com molho adocicado de pimenta e shoyu

Esse prato é simples de fazer e bem gostoso! Eu bobeei e passei um tiquinho o ponto do peixe....mas ainda assim ficou bom.


Peguei a receita do meu livro "Comidinhas" de Jennifer Joyce.


Você vai precisar de: atum fresco; azeite; sal; pimenta; gergelim claro e escuro (só usei claro)


*Compramos atum fresco e já pedi para o rapaz limpar e tirar grandes filés ;)
Peguei minha peça de atum e cortei em 3 partes. Passei azeite e temperei com sal e pimenta. Depois passei os pedaços no gergelim e coloquei direto em uma frigideira seca.

*Nesse momento você deve saltear rapidamente todos os lados, mas não deixe muito tempo pois o meio deve ficar malpassado. Como eu disse, passei alguns um tiquinho do ponto.*


Depois disso, deixe o atum esfriar um pouco e envolva a peça em filme de PVC (deixe bem apertadinho para facilitar na hora de fatiar). Leve para geladeira e deixe por pelo menos 1 hora, ou de um dia para outro.


Na hora de servir é só cortar o atum em fatias finas (as minhas ficaram umas finas e outras não tão finas....rs).


Para o molho você vai precisar de:

3 colheres de sopa de ketchup ou 3 colheres de sopa de shoyu e 1 colher de sopa de açúcar mascavo. * Eu usei as 3 colheres de ketchup caseiro mais 1 colher de sopa de shoyu.


1 pimenta vermelha sem sementes


2 dentes de alho (usei 1 pequeno)


um pedaço de 2,5cm de gengibre picado


suco de 2 limões (usei 1 e 1/2)


2 colheres de sopa de açúcar (usei açúcar mascavo)


Bata tudo no processador até formar um purê suave.



Esse molho ficou perfeito com o atum!

Servi um potinho em cada prato e deixei o restante em outro potinho.

Servi esse atum com uma saladinha ;)
Refeição super leve e gostosa!











Bjs Fe.

27 de abr de 2011

"Cozinha Confidencial"

Depois que o mundo da gastronomia conquista a gente, uma vontade de aprender mais e mais nos consome! Conhecer técnicas, saber dos grandes chefs, o que combina ou não combina (que ao meu ver, ainda é relativo....)enfim....pura curiosidade em saber como funcionam as coisas! Livros, internet e programas sobre culinária ajudam muito a saciar essa sede :)



Dentre muitos programas de culinária que eu gosto de ver, "Anthony Bourdain – Sem Reservas" é um deles! Na verdade foi o Ti que me viciou...rsrs...Ele começou a curtir o estilo desbocado do Bourdain e o chama de filósofo da gastronomia...rs.


Sem papas na língua, Anthony Bourdain fala o pensa onde quer que esteja. Comecei a ficar intrigada e quis saber mais sobre o grande chef. Entrei em sites de discussões para saber sobre seus livros e foi aí que tomei nota : “Cozinha Confidencial” (seu livro mais discutido e que gerou muita polêmica na época -2000)!



Peguei o livro emprestado da Glau e devorei rapidão, com muita risada do começo ao fim!



Em Cozinha Confidencial, Anthony Bourdain relata com muito senso de humor, ironia, honestidade e sem pudor no vocabulário, suas experiências e os “podres” nos bastidores da cozinha profissional.



Ele fala sobre sua infância como moleque mimado, rebelde sem causa; seu mundo de drogado e amigos degenerados. Fala sobre suas derrotas, pagações de mico e suas conquistas.



O livro é todo bom de ler, totalmente viciante! Eu realmente recomendo!

Salada de batata especial (vegana)

Quer uma variação para sua salada de batata sem graça? Faz assim ó:
Pegue suas batatas cozidas, já frias (usei batatas bolinhas com casca) junte um punhado de hortelã picada, salsinha picada, manjericão picado, um pouco de tomilho, sal, pimenta-do-reino, vinagre de vinho tinho, mostarda à l'ancienne (mostarda granulada) e azeite. (se tiver cebolinha coloque também, eu não tinha...)
Misture tudo e pronto!
*use ingredientes frescos para fazer a salada.
Bjs Fe.

26 de abr de 2011

Pão de Queijo


Você já se pegou buscando uma receita na net ou mesmo numa revista velha da sua coleção, e quando foi fazer ficou uma “inhaca”? O sabor não deu certo, a textura não era aquela que você esperava....enfim.
Para mim, pão de queijo era uma delas! Tem muita receita de pão de queijo por aí que não dá certo (ao meu gosto pelo menos....). Ficam secos, ou duros, ou não tem gosto de queijo, ou simplesmente, são ruins.
Até para comprar pronto de uma padaria às vezes não rola. Vamo combinar né gente, tem muito pão de quejo ruim por aí!!
Enfim.....eu estava decidida a fazer um pão de queijo decente, fui atrás de uma boa receita e cai no panelinha! Huuumm. Como todas as receitas que fiz de lá deram 100% certo, fui de cabeça no mineirinho!rs Sucesso total!!! Bora passar a receita! Anota aí:

1. Coloque o polvilho e sal em uma tigela grande
2. Em uma panela, coloque o leite e o óleo. Leve ao fogo médio e quando ferver, desligue.
3. Junte o leite fervido com oléo no polvilho e misture bem com uma colher de pau
4. Acrescente os ovos e misture novamente
5. Adicione o queijo ralado e misture com as mãos até obter uma massa homogênea
6. Faça as bolinhas( e não regula ok! Tem gente que fica “mãodevacando” e faz umas minúsculas). Coloque em assadeira untada e enfarinhada, com espaço entre elas.
7. Leve para assar, em forno preaquecido a 180 oC, até ficarem douradinhas (deu uns 20 minutos).

**Como a receita rende muito (30 unidades) eu congelei o restante: faça as bolinhas e disponha elas em uma assadeira. Leve para o congelador depois é só passar para um saquinho – você entendeu que isso é para elas não grudarem umas nas outras né?

Depois de prontos é só você fazer um chá ou um café e se deliciar com seus pães de queijo mega bons! Eu agarantcho !rs
Boa terça-feira para todos
Beijos Fe

25 de abr de 2011

Pappardelle com molho de roquefort e nozes

Lembram da quiche do roquefort e nozes que fiz? Bom, sobrou queijo, nozes e creme de leite fresco. Eles obviamente iam estragar se eu não os usa-se né! Pensei então em fazer espaguete com molho de roquefort e nozes!

Abri o armário e pá: não tinha espaguete! Na verdade não tinha não tinha nenhum pacote de macarrão!! Como assim?? Tive que botar a mão na massa e fazer o macarrão também! Rapidão estava pronto, era só cozinhar!Para o molho eu fiz assim: peguei uma cebola pequena e piquei (beeeem picadinho), amassei um dente de alho pequeno e os coloquei numa panelinha com manteiga. Dei aquela refogadinha básica e juntei um pouco do queijo esmigalhado (deixei ele um tempo fora da geladeira) depois coloquei o creme de leite fresco e fui mexendo em fogo baixo até dar uma engrossadinha. ;) No meio desse processo, eu fui provando o molho, e coloquei um pouco mais de queijo*. No fim juntei um pouco de pimenta-do-reino e um pouco de nozes picadinhas.

Na hora de servir, foi só ralar um parmesão e acender uma velhinha! Rendeu um jantar bem gostosinho! ;)

Algumas observações:
*como fiz no "olhômetro" não tenho como passar medidas. Eu recomendo que você coloque um pouco só do queijo e vá provando o sabor, pois ele é forte.
**Antes que alguém pergunte: Fe, eu não tenho como usar o creme de leite fresco, posso usar o de caixinha? Dessa vez pode! :)Eu não testei com essa receita específica, mas pode fazer assim: no momento de esmigalhar o queijo, coloque um pouco de leite e misture bem. Em fogo baixo, junte um pouco de creme de leite de caixinha, ou lata, e incorpore. Desligue logo em seguida.

Boa semana para todos
Beijos Fe.

24 de abr de 2011

Trufas simples de chocolate

Bom domingão de páscoa moçada!!! No dia de hoje divido com vocês essas trufinhas de chocolate!!
Tirei do meu novo livro "Petit Larousse do Chocolate":


Trufinhas simples de fazer e boas de comer:

300g de chocolate meio amargo
100 ml de creme de leite fresco
1 colher de café de essência de baunilha

Pique o chocolate finamente e coloque-o em uma tigela. Junte o creme de leite com a essência de baunilha e leve em fogo baixo. Quando ferver tire rapidamente e misture delicadamente ao chocolate. Mexa bem até ficar uma mistura lisa. Leve para gelar por uns 30 minutos (até endurecer).

Forre uma assadeira com papel manteiga e modele as bolinhas de chocolate com ajuda de uma colher (usei um boleador). Disponha as trufinhas na assadeira e leve novamente para gelar por uns 20 minutos. Depois é só passar no cacau em pó (eu passei no chocolate em pó).
Conserve suas trufas em recipiente hermético e em local fresco. Elas duram até 15 dias.
Algumas eu embalei e levei para uns amigos. É uma lembrança bem bacana para presentear quem a gente gosta!

Beijos Fe.

23 de abr de 2011

Tortinha de frango com cogumelos paris no ramequim




Quer uma cara nova e bonitinha para sua torta de frango? Use um ramequim!! :)


Receita mega fácil e comfort food total!! Se você quiser ser mais saudável pode servir com uma saladinha verde....mas nós aqui fomos só de tortinha mesmo.




Eu tinha na minha geladeira: frango já desfiado e temperado, pronto para usar; cogumelos paris frescos; muçarela trançadinha e um pacote de massa folhada para pastel. Peguei meus potinho e fui para montagem:




Faz assim ó :



Se você não tiver o frango pronto, prepare-o primeiro (cozinhe, desfie e tempere do jeito que preferir). Em uma frigideira, coloque um pouco de manteiga e assim que derreter junte os cogumelos já limpos e fatiados. Tempere com um pouco de sal e pimenta e cozinhe um pouco. Junte o frango e misture tudo muito bem. Reserve.




Cortei o queijo em cubinhos e agreguei ao frango com cogumelos (o queijo trançadinho delicioso, comprei na loja de queijos do ceasa, tinha acabado de chegar!! super fresco!! Huuuum)


Pegue um ramequim e coloque um pedaço de massa folhada nas bordas. Depois, coloque o recheio e feche com outro pedaço de massa folhada. Aperte a borda com um garfo e depois faça um furo em cima da massa, também com o garfo. Pincele gema de ovo em cima.




Leve para assar em forno pré-aquecido, por uns 15 - 20 minutos, ou até que a massa ficar douradinha.
Depois que tirar do forno, espere esfriar um pouquinho e sirva!



Ficou ótima viu! Quebrar a massa primeira vez é uma delícia! Fica super crocante e sai aquela fumacinha de dentro ...aaaaa....muuuito bom!!!




Tenham todos um lindo sábado (o dia hoje tá liiindo mesmo né!)


Beijos Fe.

22 de abr de 2011

Docinho de nozes

Tá afim de um docinho?
Esse aqui é muito bom - mega calórico- mas uma delícia! :)
Docinho de nozes:
  • 1 lata de leite condensado

  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal

  • 100 g de nozes trituradas


Coloque todos os ingredientes em uma panela pequena e misture em fogo baixo. Desligue quando der ponto de brigadeiro (quando desgrudar do fundo da panela). Leve para geladeira e deixe esfriar. Depois é só enrolar!

Passe o docinho no fondant ou no açúcar.
Bjs Fe.

21 de abr de 2011

Salada de tomate com molho de manjericão (vegana)

Bom dia pessoas queridas!
Aproveitando o feriado para acordar um pouco mais tarde? Feriados assim são bons né!?! Quarta com cara de sexta e quinta com cara de sábado! Daí quando tá parecendo que já é domingo, ainda tem um dia de descanso!!rs
Bom, você já deve ter planejado todo o cardápido para sua páscoa né!? De qualquer forma, se quiser variar a cara da sua salada essa aqui é uma boa opção! :) Peguei novamente o bonde em um dos programas do Jaime Oliver. rsrs
É bem simples: Use o liquidificador ou o mixer e coloque um punhado de folhas de manjericão, 1/2 dente de alho amassado, sal e pimenta-do-reino a gosto, aproximadamente 1 1/2 colher de sopa de vinagre branco e azeite. Bata tudo e está pronto!
Coloque esse molho no fundo da travessa que você vai servir a salada, espalhe e depois é só colocar os tomates por cima! ;)
Eu usei tomatinhos cerejas e ainda joguei umas folhinhas de manrejicão para enfeitar.Fala a verdade se sua salada simples de tomate não fica com uma cara mais apetitosa?
Uma ótima páscoa para todos
Beijos Fe.

19 de abr de 2011

Ovinhos decorados para páscoa

Ovinhos finalizados! \o/

Assim como nos anos anteriores, fiz os ovinho decorados recheados com confetes de chocolate!


Sem segredo: limpe beeem seus ovos, tire a pele de dentro e deixe secar. Esse ano eu coloquei eles no forno por 8 minutos.


Depois é só rechear: coloquei um saquinho de disquetes de chocolate em cada ovo.

Fala se não fica uma gracinha!?

Bjs Fe.

Caldinho de feijão preto na caneca (vegana)

Eu adoooooro um caldinho de feijão! Faço sempre que estou com vontade aqui em casa.

Dessa vez eu fiz com feijão preto e com uma boa pimentinha! A sugestão hoje é servir seu caldinho em uma canequinha - fofo né! Você pode fazer como entradinha, ou servir em uma noite de comidinhas!!! Garanto que esse caldinho vai ser um sucesso!

Antes de qualquer coisa prepare seu feijão: Eu deixo de molho de 3 a 4 horas e troco a água de hora e em hora. Na hora que for cozinhar, troco a água novamente. Cozinho uns 30 minutos. (Se você tiver folha de louro pode usar, eu não tinha dessa vez, mas adoro o sabor! Acho que super combina com feijão).
Depois que o feijão já está cozido, é só colocar um pouquinho de óleo de canola na panela, dourar um pouco de alho e juntar o feijão. Acrescente um pouco de cenoura (eu dei uma pré- cozida rápida nela), uma pimenta dedo-de-moça sem sementes picadinha e tempere com sal. Mexa tudo rapidamente e depois bata com um mixer ou no liquidificador.

Pique um pouco de bacon (beeem picadinho) frite-o na própria gordura e depois disso junte seu feijão batido. Deixe um pouco para pegar sabor (não precisa deixar muuito não) depois desligue e junte cebolinha beem picadinha. Na hora de servir coloque um pouco de pimenta dedo-de-moça picada por cima ;)

Bom apetite!
Bjs Fe.

18 de abr de 2011

Quiche de roquefort e nozes

Esses dias eu e o Ti estávamos conversando sobre o quanto mudamos. Muitas de nossas ideias quando éramos "molecotes" já não são as mesmas - não que eu seja velha tá....tô bem novinha ainda...kkk.
Algumas coisas que não dávamos valor antes, damos hoje e vice-versa. Acho que o importante é sempre estar com a mente aberta, disposto a ouvir novas ideias e provar novas experiências.
Falando em provar.....tem muita gente que ainda torce o nariz para um queijo "fungadinho". Na verdade, tem muita gente que não se arrisca em novos sabores e fica sempre no arroz com feijão. É bom? Ô se é! Aqui mesmo tem muitas comidinhas nada requintadas. Mas testar um prato diferente também é bom! Então, se eu fosse você ia com tudo num queijo fedido! rs
Pode testar essa quiche delícia com uma saladinha pra lá de gostosa! Tenho certeza de que você não vai se arrepender. :)

Quiche de Roquefort e nozes - Serve 6 pessoas
(Receita da Rita Lobo. Livro "A conversa chegou à cozinha")
Para Massa:
1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
1 ovo
1/2 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de água
150g de manteiga gelada
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar
Preparo:
(Antes de começar a fazer a massa, retire o roquefort da geladeira)

  1. Corte a manteiga em cubinhos. Numa tigela grande, misture todos os ingredientes com as mãos até formar uma massa homogênea. Faça uma bola e embrulhe com papel filme. Leve à geladeira por 30 minutos.

  2. Retire a massa da geladeira e já preaqueça o forno a 180 graus. Unte e enfarinhe uma forma de aro removível (20cm) e reserve.

  3. Numa superfície enfarinhada, abra a massa com um rolo - também enfarinhado. Transfira a massa para a forma e pressione contra o fundo e as laterais. Retire o excesso de massa e fure a superfície com um garfo.

  4. Cubra a massa com papel manteiga e jogue feijão cru para fazer peso. Leve para assar por 10 minutos. Em seguida, retire a massa do forno, despreze o feijão e o papel manteiga. Reserve.

* Se você for fazer em formas tamanho mini, abra a massa e corte um circulo maior que o diâmetro da sua forma. repita o processo descrito acima.
Ou pegue um pouco de massa e molde diretamente com os dedos - pressione e retire o excesso. O tempo de forno é menor também, deixei uns 7 minutos. Como as formas eram muito pequenas, não usei o papel manteiga nem os feijões, apenas fiz os furos com o garfo. *
Recheio (comece a preparar quando a massa estiver no forno)
150g de queijo roquefort
1/3 de xícara de chá de leite
1/3 de xícara de chá de vinho do Porto
200ml de creme de leite fresco
2 ovos
2 gemas (eu sempre tiro a pele)
1/4 de xícara de nozes picadas
1 colher de sopa de cebolinha francesa - não usei.
pimenta-do-reino a gosto

  1. Numa tigela, coloque o queijo roquefort e amasse com um garfo. Adicione o vinho do Porto, o creme de leite fresco e tempere com pimenta-do-reino moída na hora. (Se quiser tempere com um pouco de sal, mas o roquefort já é bem salgado e não tem necessidade). Misture tudo muito bem e reserve.
  2. Na batedeira, junte os ovos, as gemas e o leite. Bata até ficar bem cremoso. Depois junte essa mistura à tigela com o queijo e misture bem.
  3. Polvilhe nozes picadas sobre a massa pré-assada. Desepeje o creme sobre a massa e por fim polvilhe a cebolinha francesa (não usei).
  4. Leve ao forno preaquecido por 45 minutos, ou até que a superfície esteja dourada e firme. (os meus ficaram um tantico dourado demais, mesmo assim estavam uma delícia :)

Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de servir.
Para acompanhar essa quiche, fiz uma salada de alface verde, alface roxinha e peras. Você pode servir essa quiche de entrada, mas aqui em casa ela foi prato principal mesmo! ;)
* Eu fiz a receita inteira de massa dessa quiche, mas usei apenas metade dela para fazer o recheio de roquefort com nozes (fiz metade do recheio que passei acima). A outra metade da massa, eu deixei na geladeira e fiz no dia seguinte mini quiches de abobrinha (Recheio AQUI) - dessa vez usei a abobrinha sem o miolo.
E aí? O queijo fedido até ficou apetitoso né? rs
Testa aí e depois me conta ok!
Beijos Fe

17 de abr de 2011

Mini Batatas ao Murro - com sal aromatizado de Provence

Imagine aquele dia em que você não quer nada luxuoso. O que você quer é apenas uma boa refeição despretenciosa com sabores honestos da boa comida caseira. Bom, ontem nosso dia foi assim! :)


Fomos fazer a feira no Ceasa pela manhã e também demos uma passadinha no mercado. Voltamos para casa com lindas batatas bolinhas e um saco de laranjas (entre outras mil coisas)! Como chegamos perto da hora do almoço - e com muuita fome- não tinha tempo para elaborar um prato muito complicado. Fomos de salada verde, frango grelhado e mini batatas ao murro, e ainda para beber: suco de laranja feito na hora com laranjas espremidas com toda força e boa vontade do maridão. :)

Bom, para fazer as batatas é fácil: Cozinhe as batatas com um pouco de sal e quando estiverem macias retire e deixe esfriar um pouco para você não se queimar (pense se a pateta aqui esperou.... Bastou uma batata bem murrada para queimar a mão dessa que vos escreve....).




Para murrar as batatas não precisa descarregar toda ira nas pobrezinhas (você não quer que elas se desfaçam né!) murre com certo carinho...rsrs, é bem divertido.




Depois que você murrou as batatinhas, coloque-as em uma assadeira e regue um pouco de azeite, moa um pouco de pimenta-do-reino e jogue um pouco de sal (usei sal grosso aromatizado vindo diretamente de Provence - sul da França) *Desculpa aí...eu sou chique benhê, pensa que só porque vai ser frango com batata vai ser fulera??? rsrsrs.*


Leve para o forno a 180 graus e deixe uns 20 minutos ( se fizer com batatas grandes deixe um pouco mais de tempo).






Se eu fosse você faria esse prato nessa segundona viu! É super fácil de fazer e super fácil de agradar! :)




* Se você não tiver esse sal chiquérrimo francês...rs....aromatize um pouco de sal grosso na sua casa. ;) Esse eu ganhei da minha querida amiga Carol (saudades de você amiga!) *




Tenham todos uma ótima semana


Beijos Fe.

15 de abr de 2011

Pão com linhaça, aveia e gergelim

Esse é mais um pãozinho bom do Ti! :)


A receita é a mesma DAQUI. Mas ele acrescentou um pouco de linhaça, gergelim e aveia (aproximadamente 1 colher de sopa de cada)!

* precisa colocar um tiquinho mais de água na massa ok!*

Aproveite esse fds, faça esse pão gostoso com um cafézinho e chame alguém especial para dividir! :)


Boas Ações

"Boa ação é o poder maior que traz o bem não apenas para aquele que faz mas para um grande número de pessoas. Nosso destino está baseado em nossas ações e grandes ações estão baseadas em nossos valores inatos verdadeiros. Cada um de nós pode desenhar um grande destino ao simplesmente semear as sementes das ações corretas. Alguém um dia disse: Não almeje ser grandioso, simplesmente almeje ser bom e você se tornará grandioso." Brahma Kumaris


Beijos Fe.


14 de abr de 2011

Cocotte de cogumelo paris, limão e parmesão

Uma coisa que acho super bacana na cozinha é poder fazer uma refeição com ingredientes simples mas com uma cara linda e muito sabor!
Eu sei que já disse isso, mas é verdade! Uma apresentação bonitinha, faz toda diferença!
Se você quer fazer uma jantinha especial hoje, sem muito trabalho, vai com tudo nessa cocotte! :)Me inspirei na receita do livro "A conversa chegou à cozinha" da Rita Lobo (vocês viram que virou um "livro de cabeceira" né ! rs)Ingredientes: (adaptei as quantidades e fiz 3 cocottes)

  • 1/2 bandeija de cogumelos paris fresco (divida essa quantidade nos ramequins)

  • 1/2 colher de sopa de suco de limão (por unidade)

  • 1 colher de sopa de parmesão ralado (por unidade) - usei um punhado generoso.

  • 1 ovo (por unidade)

  • 2 colheres de sopa de creme de leite (usei 1 colher de sopa de creme de leite fresco)

  • sal e pimenta-do-reino moída na hora

  • 1 pitada de noz-moscada

Modo de prepardo:

  1. Preaqueça o forno a 180 graus e coloque uma assadeira com água fervente até a metade (não coloque mais que isso para não extravasar quando colocar os ramequins).

  2. Corte os cogumelos em fatias e coloque no ramequim com o suco de limão pimenta-do-reino, um tiquinho de sal e o parmesão (não coloque muito sal, pois o parmesão já é salgado)

  3. Quebre o ovo e coloque sobre os demais ingredientes. Depois coloque o creme de leite e finalize com a noz-moscada.

  4. Coloque o ramequim na assaderia com água e deixe no forno por uns 20 minutos - se você gosta de gema mole, ou 30 minutos - se você gosta dela mais firme.

Sirva com uma saladinha e um pedaço de pão (o Ti fez pão com linhaça, aveia e gergelim :)

Eu não testei, mas tem a opção de fazer a cocote no microondas: Siga todos os passos a cima, fure a gema e leve ao microondas por 2 minutos, se você gostar da gema mole, ou 3 minutos, se você gostar dela mais firme! Um lindo dia para você! Bjs Fe.

12 de abr de 2011

Canelone de brócolis com catupiry

Bom dia people!

Hoje, tem mais um pouco de massa caseira pra vocês!


Eu fiz canelone com recheio de presunto e queijo e brócolis com catupiry!

A massa é naquele esquema: 1 ovo para cada 100gr de farinha > por pessoa. Mistura os ingredientes, deixa a massa homogênea, leva para geladeira, depois é só abrir e cortar os retângulos ( pequenos ou grande, dependendo do tamanho que quiser o canelone).


**Como rendeu muuuito....congelei em pequenas porções (suficiente para uma refeição). O bom é que no dia que você está com mais pressa, sem tempo para fazer um almoço, é só tirar o canelone e colocar no forno (eu recomendo fazer em banho-maria).**
Bom, vamos ao preparo né:

  • Recheio de brócolis: cozinhe o brócolis no vapor, reserve. Em uma panela, coloque um pouco de azeite e alho picadinho, dê uma rápida fritada no alho e junte o brócolis.Tempere com sal e pimenta a gosto, mexa rapidamente e desligue. Misture o catupiry e reserve.

  • Massa: pegue os seus retângulos e cozinhe em água fervente com um pouco de sal, por uns 3 minutinhos. Retire e coloque a massa sobre um pano limpo.

  • Montagem: bom....não tem muito segredo para montar né. Pegue a massa coloque o recheio e enrole. Depois é só colocar o molho e levar ao forno.

Fácil né!?! Você pode variar no recheio: fazer o tradicional queijo e presunto, ou frango, ou espinafre com ricota, ou ricota com tomates secos.....vai do gosto....


Espero que tenham gostado.


Beijos Fe.

11 de abr de 2011

Bolachas de açúcar com essência de amêndoa

Bom dia gente! Para começar a semana com o pé direito, vou passar uma receita super prática: bolachinha gostosa e quebra-galho. O bacana dessa bolacha é que é possível variar os aromas da massa. Fiz com amêndoas, mas pode ser baunilha, canela, limão ou laranja. Outra vantagem, é que a massa pode ser congelada! Coisa boa né!?! Bolachas de Açúcar do Livro " Le Cordon Bleu - Receitas Caseiras *BISCOITOS*" Ingredientes (rende aproximadamente 45 bolachas)



  • 200g de farinha de trigo


  • uma pitada de sal


  • 2 colheres de chá de fermento em pó


  • 115g de manteiga sem sal (temperatura ambiente)


  • 225g de açúcar


  • 1 ovo ligeiramente batido


  • 1/4 de colher de chá de essência de amêndoa


  • 60g de açúcar demerara (substitui por açúcar cristal colorido -usei laranja)
Preparo:



  1. Peneire a farinha, o sal e o fermento, reserve. Bata a manteiga na batedeira (ou com uma colher de pau) até obter uma massa uniforme. Adicione o açúcar gradualmente à manteiga e bata até ficar uma massa esbranquiçada e cremosa. Adicione o ovo aos poucos, batendo bem a cada adição. Misture a essência de amêndoa.


  2. Junte a mistura de farinha ao preparado de manteiga e mexa bem. Cubra a massa com papel filme leve à geladeira por 15 minutos, ou até que fique firme (eu coloco na parte alta da geladeira)


  3. Quando a massa estiver firme, molde um cilindro com cerca de 5cm de diâmetro. Envolva-o no papel filme, torcendo as pontas para selar bem. Leve novamente para gelar por 10 minutos (eu deixei um pouco mais). Depois, desembrulhe a massa e passe o açúcar até cobrir todo o cilindro. Embrulhe novamente e deixe no freezer (ou congelador) até que resolva usar.


Quando for assar: pré-aqueça o forno a 180 graus, corte rodelas da massa e coloque na assadeira untada (usei assadeira antiaderente e não untei). Deixe espaço entre as bolachas pois elas crescem bastante. Asse por 12 -15 minutos.



Guarde o restante da massa no freezer e deixe até usar novamente. Ela pode ser conservada até 4 semanas. Quando for utilizar, corte a massa ainda congelada e leve direto para assar - o tempo de cozimento será um pouco maior.

Algumas observações pessoais:



  1. assim que as bolachas ficarem prontas, retire a assadeira e deixe esfriar um pouco. Elas saem molinhas e depois endurecem. Se você for tirar a bolacha quente da assadeira, ela vai amassar e perder a forma.


  2. como eu fiz um rolão de massa, minhas bolachas viraram bolachões. Na próxima vez, vou dividir em 2 cilindros menores (um de cada cor :) e assim, fazer bolachas menores.


Uma boa segunda-feira para vocês


Beijos Fe. ;)

9 de abr de 2011

Capuccino com canela



Capuccino com canela delícia!

Servido nas minhas novas e lindas canequinhas de R$1,39 - promo lá na Etna


Tenham todos um ótimo sábado!

:)

8 de abr de 2011

Panna cotta

Já aconteceu de você pegar duas receita com os mesmos ingredientes, mas com modo de preparo diferente? Isso acontece muito com bolo. Mesmas quantidades mas a ordem no modo de fazer muda.... Bom....em busca de uma receita de panna cotta, achei uma no meu livro "A cozinha italiana" da coleção Larousse - cozinha das 7 famílias e também na cozinha da Stef. Os ingredientes eram os mesmo, mas optei pelo preparo mais da Stef, afinal eu sei que ela é uma cozinheira de mão cheia e tudo que fiz da cozinha dela ficou absolutamente divino. Essa receita de panna cotta não falhou em nada! É uma verdadeira delícia! Eu testei várias versões para servir a panna cotta. Particularmente eu recomendo as versões nos copinhos e tacinhas de sobremesa....são mais práticas e não tem o risco de desmanchar no momento que for desenformar...kkk...apesar disso, a versão "desenformada" é mais lindinha para servir :) Panna Cotta (4 porções grandes) Receita daqui

  • 2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor

  • 2 colheres de sopa de água

  • 500ml de creme de leite fresco

  • 50g de açúcar

  • 1 fava de baunilha cortada no sentido do comprimento

  • um pouco de óleo vegetal para untar as forminhas ( para desenformar mais facilmente)

Preparo:



  1. Unte as forminhas. Misture a gelatina na água, mexa até dissolver e deixe descansar por 5 minutos.

  2. Em uma panelinha coloque metade do creme de leite e junte o açúcar e a fava de baunilha (com a ponta de uma faquinha, raspe as sementes da fava. coloque toda ela na panela). Deixe em fogo baixo, mexendo até o açúcar dissolver. Não deixe ferver. Quando estiver para ferver, junte a gelatinha, misture bem até dissolver e deixe esfriar.

  3. Bata o restante do creme de leite até formar picos de neve. Junte esse creme com o outro creme que você preparou. Misture bem e coloque nas forminhas. Deixe na geladeira por 6 horas.

Fiz uma calda de framboesa para juntar à panna cotta: Peguei cerca de 100g de framboesas congeladas e 2 colheres rasas de açúcar. Levei em uma panelinha e misturei bem. Quando ferveu eu deixei mais uns minutos e pronto. Deixe esfriar para usar.

Na versão do livro, o preparo é assim: coloca todo o creme de leite na panela, com a baunilha e açúcar e deixe ferver por 10 minutos. Depois junte a gelatina já hidratada. Eu não cheguei a testar esse modo de preparo, mas acho que bater metade do creme de leite deve fazer uma grande diferença. O doce ficou com uma consistência divina. (ah....antes que eu esqueça: se você não tiver a fava de baunilha, use essência ok) A versão mini, feita nos copinhos de cachaça, ficaram mega fofas! Uma boa sugestão para um "jantar finger food". Eu também usei copinho de nutella. Já vem com a tampinha.....super prático! ;) Essa com certeza será uma sobremesa que fará sucesso na sua casa! O Ti simplesmente AMOU, depois de várias colheradas disse que panna cotta era viciante! rs Uma boa sexta-feira para vocês Bjs Fe.